Gastromed | Phmetria
 
blank

Phmetria

A pHmetria esofágica é um exame realizado quando existe a necessidade de se avaliar o refluxo do material ácido que existe no estômago para o esôfago – o chamado refluxo gastroesofágico. Essa avaliação é feita dentro de um recorte de tempo de 24 horas, quando é possível obter dados mais consistentes da condição do paciente.

Através desse exame, é possível identificar com maior precisão a quantidade de vezes e os momentos em que o refluxo ocorre, registrando e avaliando esses dados de maneira computadorizada.

Com essa tecnologia, o médico responsável é capaz de diagnosticar se houve refluxo, se esse refluxo foi fisiológico (normal) ou patológico (alterado), em que posição (se em pé, se deitado ou se em ambas) o refluxo aconteceu com mais frequência, assim como outros possíveis sintomas que possam surgir durante o exame, e saber se eles estão ou não associados ao refluxo.

A pHmetria é realizada através da inserção de uma sonda flexível e fina através de uma das narinas do paciente. Essa sonda é conduzida através do esôfago até chegar ao estômago. Então, o médico irá fixar um eletrodo ao tórax do paciente, que irá servir como referência, de uma maneira semelhante a um eletrocardiograma, por exemplo.

Esse eletrodo é conectado a um dispositivo que irá registrar todos os dados mencionados durante o período do exame. O aparelho é discreto, para garantir o conforto do paciente enquanto ele for necessário ali.

Como suporte aos dados do equipamento, há primeira fase do exame, onde o paciente será instruído a registrar todas as suas atividades alimentares – desde as refeições até os “lanchinhos” que ele fizer durante o período, incluindo líquidos ingeridos.

Ele também deve registrar também os períodos em que permaneceu deitado (início e fim de cada um desses períodos), mesmo que tenha sido apenas para uma pequena soneca. Da mesma forma, claro, ele também deve anotar qualquer sintoma de forma detalhada, incluindo o momento em que ele começou.

Então, tem início a segunda fase do exame, onde o paciente é liberado para um dia normal de atividades, sem a necessidade anotar nada. Isso irá servir como contraste e prova para o diagnóstico do médico, que irá comparar esses dados.

Portanto, a pHmetria é uma maneira simples e eficiente de identificar o refluxo gastroesofágico. O exame não possui nenhuma especificação complexa. A única proibição explícita envolve não molhar o conjunto do aparelho, pois pode prejudica-lo. De forma complementar, também não se deve praticar esportes, pois o suor pode desconectar o eletrodo.

A pHmetria esofágica pode ser seu melhor recurso contra o refluxo gastroesofágico. Entre em contato com a GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN e agende sua consulta.