Gastromed | Má absorção intestinal
 
blank

Má absorção intestinal

A má absorção intestinal não é uma doença em si, mas uma série de distúrbios que prejudicam a absorção dos nutrientes no intestino delgado. Da mesma forma, sendo uma série de distúrbios, existem também muitas razões pelas quais eles podem surgir, podendo ser consequências e sintomas de outras doenças, frutos de uma infecção ou até mesmo efeitos colaterais de procedimentos cirúrgicos.

As causas são variadas. Elas podem envolver desde a produção inadequada ou insuficiente de enzimas digestivas, como ocorre com algumas doenças pancreáticas ou na intolerância à lactose; ocorre também na redução da produção de bile e excesso de ácido no estômago; assim como infecções bacterianas, virais ou parasitárias, como nos casos de doenças celíaca e a doença de Crohn.

Os sintomas da má absorção são causados pela maior passagem de nutrientes não absorvidos pelo trato digestivo ou pelas deficiências nutricionais que resultam de uma absorção inadequada. Entre os sintomas mais comuns, estão variados tipos de diarreia, perda de peso e fezes volumosas e excepcionalmente fétidas.

Entretanto, como a má absorção intestinal pode ter várias causas, é comum também que os sintomas variem de acordo com elas. Por exemplo, uma deficiência de proteínas pode causar inchaço e acúmulo de líquidos (edema) em qualquer parte do corpo, secura da pele e queda de cabelo. Anemia, causada pela má absorção de vitaminas ou ferro, pode causar fadiga e fraqueza.

Existem diversas maneiras de se detectar a má absorção intestinal. Por isso, é comum que uma série de exames clínicos sejam feitos antes que o médico requisite exames laboratoriais, para que possibilidades sejam eliminadas. Entre esses exames clínicos, amostras de excrementos, como fezes e urina, são comuns para esse fim. Da mesma forma, exames de sangue também ajudam no diagnóstico de deficiência de certas vitaminas.

Caso o diagnóstico se revele mais complexo, o médico também pode requisitar uma biópsia para realizar exames de diagnóstico por imagem. Alternativamente, se o médico considerar que a causa da má absorção pode ser a produção insuficiente de enzimas digestivas no pâncreas, são realizados exames de função pancreática.

Tudo depende, portanto, das características particulares de cada condição de má absorção intestinal. O que não muda para nenhuma delas é a necessidade de visitar um médico o quanto antes. Sofrer com a má absorção intestinal não apenas prejudica a qualidade de vida, como pode ser objetivamente perigoso para a saúde do paciente.

Para saber mais sobre essa condição, entre em contato com a GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN e agende sua consulta.