Gastromed | Tipos de bariátrica
 
blank

Tipos de bariátrica

A cirurgia bariátrica, hoje, é a melhor alternativa para o tratamento dos casos de obesidade mórbida. Essa alternativa é baseada entre outros índices no IMC da pessoa. IMC é a sigla para Índice de Massa Corpórea. Trata-se de um cálculo feito através da relação entre peso e altura da pessoa, levando em consideração outros dados do seu biótipo.

Ao encontrar essa informação, o médico é capaz de determinar se a cirurgia bariátrica é bem indicada pois o procedimento é escolhido quando os demais tratamentos poderiam ser menos efetivos. Ou, em termos numéricos, quando o IMC da pessoa é maior que 35 e existem doenças associadas ou ainda maior que 40 ou mais.

O que é pouco mencionado é o fato de que a cirurgia bariátrica não é um procedimento único. Existe mais de uma abordagem possível. A decisão do tipo de cirurgia a ser realizada depende da avaliação do médico, que fará a sugestão para a concordância do paciente.

Existem três tipos principais de cirurgias bariátricas. São elas:

Restritiva: Conforme aponta o nome, realiza uma restrição na quantidade de alimentos que o estômago consegue receber e armazenar. Com isso, existe uma sensação de saciedade precoce, induzindo o paciente a comer menos e, portanto, estimulando o emagrecimento.

Disabsortiva: Nesta técnica além de alterar o tamanho e a capacidade do estômago, irão visar o intestino delgado, trabalhando com uma mudança drástica na absorção dos alimentos. O paciente tem mais liberdade de comer maior quantidade de alimentos, já que não há grande diminuição do estômago. É feito um grande desvio do alimento.

Técnicas mistas: Como o próprio nome explica, são cirurgias que utilizam aspectos das técnicas anteriores, ou seja, realiza uma restrição na capacidade do paciente de receber o alimento pelo estômago, assim como também realiza um desvio curto do intestino com discreta má absorção de alimentos. É também chamada de cirurgia de by-pass gástrico ou cirurgia de fobi-capella. São conhecidas por serem uma opção mais frequente de médicos e pacientes, já que suas taxas de sucesso são altas, assim como a satisfação dos pacientes.