Gastromed | Reganho e o Plasma de Argônio
 

Reganho e o Plasma de Argônio

A cirurgia bariátrica é uma das mais eficientes e bem-sucedidas ferramentas de controle de peso. É um procedimento que envolve uma mudança maior ou menor no corpo da pessoa e, por isso, é indicada para casos selecionados. Todo paciente que passa pela cirurgia bariátrica também precisa passar por um processo de reeducação alimentar e acompanhamento nutricional. Não é simples, mas traz excelentes resultados.

Mesmo assim, eventualmente, o paciente pode passar por um reganho de peso. Isso pode ser bastante frustrante, dado o esforço feito para assentar os efeitos da cirurgia bariátrica. Muitos pacientes que passam por esse processo são injustamente responsabilizados pelo reganho de peso, mas a verdade é que o corpo humano nem sempre responde aos procedimentos realizados da forma como imaginamos. Entretanto, não é preciso se preocupar. Existem soluções.

Uma delas é a cauterização da anastomose utilizando plasma de argônio. Apesar do nome complicado, o princípio é simples. A anastomose é a emenda do estômago com o intestino. Mesmo após a cirurgia bariátrica, essa passagem pode se alargar, diminuindo a sensação de saciedade e estimulando o paciente a consumir mais alimentos, resultando no reganho involuntário de peso, já que o paciente não tem controle sobre essa dilatação.

O que o plasma de argônio realiza é um tipo de cauterização dessa passagem, que reduz novamente seu diâmetro através da retração de tecidos. Com a anastomose diminuída, a sensação de saciedade do paciente vem com mais facilidade, permitindo a ele perder peso e voltar à meta inicial da cirurgia bariátrica.

A maior vantagem desse procedimento é que ele é realizado por via endoscópica, ou seja, nem há necessidade de incisões ou abordagens mais invasivas. Isso é muito importante para quem realizou uma cirurgia bariátrica, que já é por si só um procedimento bastante invasivo e cuja recuperação é bastante exigente para o corpo.

A GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN está preparada para tirar dúvidas ou realizar a ablação da anastomose utilizando plasma de argônio.

Entre em contato e agende sua consulta.