Gastromed | O balão intragástrico não é permanente
 
About This Project

O balão intragástrico se tornou uma opção bastante popular em tempos recentes para combater a obesidade. É uma espécie de ˜meio-termo” entre tratamentos conservadores e a cirurgia bariátrica, já que é indicado para pessoas que apresentam um quadro avançado de obesidade, mas que ainda não são elegíveis à cirurgia bariátrica.

 

Porém, apesar da sua popularidade, ainda existem muitas concepções errôneas sobre seu funcionamento. Incluindo pessoas que acreditam que o balão é um tratamento permanente, ou seja, uma vez inserido, ele irá permanecer ali até o fim da vida. Mas, de fato, trata-se do oposto.

 

O balão é feito de um tipo de silicone bastante resistente que foi criado especialmente para suportar os ácidos que existem no nosso estômago. Uma vez posicionado ali através de via endoscópica, o balão é inflado com um tipo de soro especial. O volume com o qual ele vai ser inflado depende da avaliação médica e da necessidade do paciente, mas normalmente vai um pouco além da metade da sua capacidade.

 

Entretanto, ele não foi criado para ficar ali para sempre. O princípio de poder ser inflado e desinflado é justamente para que ele possa ser removido após um período determinado pelo médico, quando a meta de emagrecimento tenha sido atingida.

 

Esse período, assim como o volume do balão, também depende da avaliação médica. Mas é comum que ele permaneça no paciente por cerca de seis meses, quando então o paciente retorna para avaliação. 

 

É preciso frisar que, apesar da sua praticidade, o balão não surte efeito sozinho. O paciente precisa fazer a sua parte e realizar o acompanhamento psicológico e nutricional para garantir que o tratamento surta efeito.

 

Venha descobrir mais sobre os benefícios do balão intragástrico. A GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN está pronta para atender. Entre em contato conosco e agende sua consulta.