Gastromed | O que pode causar refluxo?
 
blank

O que pode causar refluxo?

Como se sabe, o refluxo gastroesofágico é caracterizado por aquela típica azia e sensação de queimação, e é bastante sentida por dificultar o sono ou então ao acordar. Segundo a OMS, ela pode atingir até 20% da população global.

O refluxo ocorre por uma falha no esfíncter que existe na base do esôfago. Esse esfíncter funciona como uma espécie de válvula, que controla a passagem de materiais nessa região – tanto o que desce para o estômago quanto impedindo os sucos gástricos de subirem. No refluxo, essa válvula não funciona corretamente, e os sucos gástricos retornam pelo esôfago, podendo chegar até a boca.

Não se sabe exatamente o que pode provocar o refluxo, existindo sempre a possibilidade de ser um problema multifatorial. Eles podem ser tanto anatômicos, como uma fraqueza no esfíncter ou uma hérnia de hiato, quando o estômago se aproxima do esôfago, quanto comportamentais, quando maus hábitos colaboram para o refluxo.

Felizmente, o refluxo tem tratamentos, é mesmo a mudança de hábitos cotidianos pode colaborar para o seu controle. Evitar o consumo de alimentos gordurosos, excesso de café, chocolate, bebidas gaseificadas, bebidas alcoólicas, alimentos muito condimentados e apimentados, cítricos e molho de tomate já é bastante benéfico para quem sofre com o problema.

Da mesma forma, realizar refeições menores e mais frequentes, balanceadas e saudáveis também proporciona uma melhora. Um conselho importante: A obesidade, como em muitas outras doenças, também é um fator agravante. Investir em uma mudança nutricional e adotar atividades físicas regulares também trabalham para o bem-estar e a qualidade de vida do paciente.

Existem casos mais graves de refluxo. Em geral, eles podem ser controlados com tratamentos medicamentosos. Em algumas ocorrências específicas, quando o excesso de refluxo começa a ameaçar a integridade física do esôfago e da boca devido ao material ácido do estômago, há a possibilidade de uma intervenção cirúrgica.

Normalmente, a técnica de escolha é a laparoscopia. Utilizando uma anestesia geral, na qual são inseridos tubos finos através de pequenos cortes na pele, o médico consegue observar o interior do corpo e fazer a cirurgia através de uma câmera colocada na ponta de um dos tubos. A técnica e abordagem escolhida pelo médico irá depender do diagnóstico do refluxo.

Refluxo tem solução. Basta contar com os profissionais certos. Quer saber mais sobre essa doença? Entre em contato com os especialistas da GASTROMED.