Gastromed | GESTAÇÃO E CIRÚRIGA BARIÁTRICA
 
blank

GESTAÇÃO E CIRÚRIGA BARIÁTRICA

A cirurgia bariátrica se tornou extremamente popular como uma alternativa à obesidade em tempos recentes. E por isso novos desafios têm surgido em relação a isso. Uma dúvida bastante comum sobre o assunto é: a cirurgia bariátrica deve alterar meus planos de gestação?

Essa é uma dúvida frequente pois existe um dado pouco comentado sobre a bariátrica: embora ela possa ser realizada igualmente em ambos os sexos, a proporção da cirurgia no sexo feminino é muito maior, representando quase 80% dos procedimentos hoje. Isso implica em questões típicas do gênero, sendo a gravidez uma delas.

No caso, é preciso apontar que sim – pacientes obesas que desejam realizar ou já realizar a cirurgia bariátrica devem conversar com seu médico para traçar um planejamento para a cirurgia. A cirurgia ainda pode ser feita, mas existem condições e limitações que precisam ser observadas para garantir a segurança tanto da paciente quanto do feto.

Essa decisão gira em torno de um eixo simples: tanto a bariátrica quanto a gestação mexem bastante com o corpo e exigem bastante da paciente durante seu período de recuperação. Ou seja, não é recomendado como é virtualmente um equívoco realizar uma depois da outra, em particular no caso de uma gestação depois de uma bariátrica.

Isso porque, durante o período de adaptação do corpo depois da cirurgia, ele tem dificuldades em absorver nutrientes – inclusive, é essencial o acompanhamento de um nutricionista nesse período, para garantir a suplementação necessária para garantir a boa saúde. 

Mas isso também significa que, no caso de uma gravidez, o corpo da paciente teria dificuldade em sustentar o feto, podendo provocar problemas de saúde a ele durante a gravidez ou mesmo um parto prematuro. 

Dessa forma recomendação é essa: realizar a cirurgia bariátrica e esperar o tempo de recuperação recomendado. Aí então voltar ao médico para realizar todos os exames e saber se o corpo está apto a passar pelo processo de gestação. A vantagem dessa escolha é que a paciente evita tanto os problemas que a obesidade poderia provocar à gestação quanto os problemas do corpo ainda em recuperação após a bariátrica.

Para maiores dúvidas sobre o assunto, entre em contato com a GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN e agende sua consulta.