Gastroplastia endoscópica: Conheça a cirurgia sem cortes

A cirurgia bariátrica ainda é a alternativa mais eficiente contra a obesidade mórbida, um problema que afeta um grande número de pessoas no mundo contemporâneo. Ela possui inúmeras evidências de sucesso em casos graves de ganho de peso, e é uma alternativa conhecida no meio médico para evitar uma piora desse quadro, que pode até mesmo ameaçar a vida do paciente.

Entretanto, trata-se de um procedimento extremamente invasivo. A cirurgia bariátrica provoca uma mudança súbita e intensa no corpo, de tal forma que, mesmo após ser realizada, o paciente ainda precisa de acompanhamento nutricional e psicológico para se acostumar à nova forma. Por esses motivos, a bariátrica é reservada apenas aos casos mais extremos de obesidade.

Isso significa que devamos esperar chegar a esse ponto para buscar alternativas?

De forma alguma. Existem hoje muitas alternativas excelentes para conter o processo de ganho de peso antes que ele atinja proporções perigosas. Uma delas é a gastroplastia endoscópica.

Como o próprio nome diz, trata-se de um procedimento endoscópico, o que já representa uma primeira grande vantagem em relação à cirurgia bariátrica. Ela é realizada através da introdução do endoscópio, um aparelho especificamente criado para este fim, na via superior do corpo através da boca. Ao chegar no estômago, o cirurgião irá criar uma espécie de sutura, diminuindo substancialmente o tamanho utilizável do órgão.

Tudo isso é feito sem a necessidade de uma grande incisão, como no caso da bariátrica, fazendo com o período de recuperação e adaptação do paciente à nova forma seja substancialmente menor. Além disso, o procedimento utiliza apenas anestesia aplicada por um profissional específico, e é notavelmente mais rápido do que o procedimento da bariátrica, tornando-o muito mais tolerável para o paciente.

Com isso, o paciente terá sua capacidade de receber alimentos bastante reduzida, proporcionando o processo de emagrecimento. Além disso, com o estômago menor, a pessoa também irá se sentir satisfeita mais rápido durante as refeições, diminuindo o ímpeto de comer fora de hora ou sem necessidade, algo que é muito comum em casos de desenvolvimento de obesidade.

A principal diferença da gastroplastia endoscópica em relação à cirurgia bariátrica é justamente o fato de que ela se tornar menos eficiente em casos de obesidade extrema. Como se sabe, a obesidade é dividida em níveis distintos, dependendo do IMC (Índice de Massa Corpórea) do paciente. A gastroplastia endoscópica pode atender pacientes que estejam no nível I e II. A bariátrica é reservada para aqueles no nível III acima.

A gastroplastia endoscópica é uma das mais modernas e eficientes técnicas contra a obesidade. Quer saber se você é um possível candidato ao procedimento? Entre em contato com a GASTROMED Instituto Zilberstein.



WhatsApp chat