Gastromed | Esteatose hepática Gordura no fígado
 
blank

Esteatose hepática Gordura no fígado

A gordura no fígado também é conhecida como esteatose hepática. É uma doença que progride silenciosamente e, nos seus estágios iniciais, não são percebidos muitos sintomas específicos. Somente em casos mais avançados, quando o fígado já começa a ficar comprometido, sintomas como perda do apetite, fezes esbranquiçadas, cansaço excessivo e barriga inchada começam a aparecer.

 

Exatamente por essa característica mais discreta, é uma condição normalmente detectada em exames de rotina. O acúmulo de gordura pode acontecer em qualquer parte do corpo, é verdade, e o excesso nunca é algo bom. No caso do fígado, esse acúmulo de gordura pode provocar perda de funcionamento das células e cirrose, podendo ser necessário inclusive um transplante do órgão.

 

Os grupos de risco para excesso de gordura no fígado são, essencialmente, pessoas que cultivam maus hábitos de vida e alimentares. Sedentarismo, cigarro, bebidas alcoólicas em excesso e consumo de alimentos ricos em gordura e carboidratos simples, como pão branco, pizza, carnes vermelhas, embutidos, manteiga e congelados colaboram para a condição.

 

Felizmente, a esteatose hepática pode ser curada se for detectada nos seus estágios iniciais. Seu tratamento é feito, principalmente, rompendo com os ciclos viciosos que o provocam: prática de atividades físicas, uma dieta balanceada e mais nutritiva, o controle de doenças agravantes, como diabetes, hipertensão e colesterol alto e a subsequente perda de peso.

 

A GASTROMED possui os melhores profissionais para prevenir e detectar a esteatose hepática. Entre em contato conosco e agende sua consulta.