Neurologia

Neurologia clínica é a especialidade médica voltada para o estudo, diagnóstico e tratamento de distúrbios estruturais do sistema nervoso central (cérebro, medula espinhal, raízes nervosas), periférico e autônomo, parassimpático e simpático. Isso inclui seus revestimentos, vasos sanguíneos e tecidos efetores como, por exemplo, os músculos.

 

Portanto, essa especialidade abrange qualquer disfunção ou condição que seja identificável por meio de mutações genéticas, como alterações de DNA; bioquímicas, como modificações nas funções das enzimas; ou teciduais, como modificações nas estruturas dos tecidos, por exemplo.

 

A especialidade também pode ser focada em crianças, na chamada neurologia pediátrica. Nesse caso, o profissional acompanha o desenvolvimento neurológico através de exames clínicos e do diagnóstico de funções motoras e cognitivas. Dessa forma é possível identificar e fazer um tratamento mais preciso de doenças.

 

Principais doenças

 

Na neurologia, existem diversas doenças diagnosticadas e tratadas pelos profissionais. As principais são:

 

  • Apneia obstrutiva do sono, em que a respiração é obstruída total ou parcialmente durante o sono;
  • Insônia, quando existe dificuldade em iniciar e manter o sono durante a noite;
  • Doença de Parkinson, uma condição degenerativa que afeta o sistema nervoso central, caracterizada, principalmente, por tremores;
  • Distúrbios do movimento, que pode afetar o modo de andar, pegar coisas e mover os braços;
  • Epilepsia, problema que causa contrações intensas, bruscas e involuntárias do corpo;
  • Alzheimer, condição neurodegenerativa que provoca desorientação temporal e espacial;
  • AVC, também chamado de derrame cerebral;
  • Esclerose múltipla, doença autoimune que afeta a região cerebral.

 

Quando procurar um neurologista?

 

O paciente deve estar atento à própria saúde e procurar um especialista em neurologia ao sentir sintomas como, por exemplo:

 

  • Alterações na fala;
  • Dificuldades para andar;
  • Câimbras;
  • Tremores;
  • Dores musculares sem causa aparente;
  • Dor de cabeça, febre e rigidez na nuca (sintomas de meningite);
  • Desmaios;
  • Perdas de consciência;
  • Alterações na visão (visão dupla ou perda de campo visual);
  • Distúrbios de memória;
  • Tonturas e desequilíbrio;
  • Formigamento em uma ou mais partes do corpo;
  • Fraqueza nos braços ou nas pernas;
  • Dificuldade para engolir.

Contato