Gastromed | Endometriose Intestinal: Tratamento ou Operação?
 
blank

Endometriose Intestinal: Tratamento ou Operação?

Durante o período fértil feminino, todos os meses, o endométrio entra em atividade. Suas células se multiplicam, para que ele possa acomodar ali um óvulo fertilizado. O endométrio é a mucosa que reveste a parede interna do útero. Quando suas células se multiplicam, existe uma chance de que elas se expandam para além do útero. Essa condição é chamada de endometriose.

Um dos lugares para onde o endométrio se expande com mais frequência é o intestino, em uma condição chamada de endometriose intestinal. Ela pode ser classificada como superficial ou como infiltrativa profunda, de acordo com a sua localização e a profundidade das lesões.

A intensidade da doença é definida pela penetração do endométrio. Ela é chamada de superficial quando atinge a parte externa do intestino, e de infiltrativa profunda quando penetram no órgão e provocam lesões. É possível que uma mesma paciente apresente mais de uma variedade de endometriose.

Embora muitas mulheres não percebam sintomas da doença, quando esses surgem podem ser muito incômodos e prejudicar bastante a qualidade de vida. A progressão da doença tende a agravar os sintomas também. Por isso, fique atenta aos seguintes sintomas:

  • Dor na região abdominal;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Diarreia;
  • Prisão de ventre (em caso de obstrução parcial do intestino) e;
  • Presença de sangue nas fezes.

Na maioria dos casos, os sintomas se agravam durante o período menstrual. Porém, eles também podem aparecer ao longo do mês, dificultando o diagnóstico. Os sintomas são parecidos com outras doenças que também atingem a região, como a síndrome do intestino irritável, apendicite e doença de Crohn. Uma alternativa viável e altamente eficiente de diagnóstico é a ecoendoscopia digestiva baixa, que permite ao médico observar diretamente a região, permitindo um diagnóstico mais preciso.

A endometriose é uma doença crônica, e por isso o tratamento depende da sua intensidade. É possível realizar diversas modalidades de cirurgia para esse fim, que podem incluir cirurgia endoscópica, laparoscópica e tradicional – essa última reservada apenas aos casos mais graves.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a GASTROMED – INSTITUTO ZILBERSTEIN e agende sua consulta.